Destaques
seta

Taça AC Porto Competição e Escolas: Fevereiro 2024          

Eventos e Notícias | Notícias

Sabia que a verdadeira fundação da Igreja de Guifões, no local onde hoje se encontra, deve remontar aos primeiros tempos do Cristianismo no Ocidente da Hispânia.


"Nas inquirições de 1254 a existência da igreja é confirmada e atribuída ao Mosteiro de Bouças a sua posse. O seu orago é S. Martinho, um dos santos mais venerados desde a Alta Idade Média", conforme relatado na arqueologia e monumentos históricos de Guifões.


A fundação do Oratório aponta para uma época da pacificação dos Romanos, quando estes obrigaram os velhos Lusitanos do Castrum Quiffiones a abandonarem a sua posição fortificada no Monte Castêlo.


A Igreja de Guifões, desde os tempos remotos até à sua reitoria, esteve sempre ligada à igreja de Bouças da qual era anexa, fazendo parte do termo de Bouças. 


Este termo de Bouças que foi mencionado numa escritura, de 1243, feita entre o Cabido e o Bispo do Porto e a Rainha D. Mafalda.


Segundo vem descrito no Catálogo do Bispo do Porto de D. Rodrigo da Cunha, na Relação, efetuada pelo rei D. Dinis em 1320, no leque de igrejas que deviam contribuir para auxiliar a guerra contra os Mouros, aparece a Igreja de S. Martinho de Guifões, coletada em sessenta libras.


A Igreja está localizada no Largo Padre Joaquim Pereira dos Santos.

Menu

vídeos

seta
Os Hospitalários no Caminho de Santiago 2022